4 meses, 3 semanas e 2 dias

4 meses ,3 semanas e 2 dias
Poderia ser apenas mais um filme sobre o tema do aborto, mas acaba por mostrar de modo contundente conflitos que ocorrem no percurso de um aborto ilegal e a amizade entre duas garotas.
A dúvida entre fazer ou não aborto não está em questão. Quando o filme começa já está tudo decidido e planejado para que o aborto seja realizado naquele dia. A personagem principal, que não é a gestante, sai da moradia de estudantes ,onde mora com a colega e começa a fazer tudo que havia combinado, mas nada parece dar certo. O hotel reservado não tinha quarto, o outro hotel cobrou mais caro e o “profissional” realizador do aborto ficou muito nervoso ao saber que a jovem mandara outra em seu lugar para se encontrar com ele. Com tudo isso, o filme já se torna tenso, com a personagem contornando todas as dificuldades para que o aborto de sua amiga pudesse ser realizado.
Ao chegar no quarto inicia-se um drama, uma cena forte e constrangedora. O “profisional” extremamente rude e mal intencionado queixa-se de tudo que sua cliente fez de errado e se mostra vacilante em reação a realização do aborto. Quando resolve examinar a moça e descobre que ela está com 4 meses e tinha informado dois ele cria uma situação e se nega a realizar algo desse risco sem ter algo em troca. Ele manipula bem a situação para obter o que quer. Ao perceber que não há outra alternativa, a amiga logo resolve aceitar fazer sexo com aquele homem em troca do aborto, depois dela vai a gestante, após um breve encontro das duas no banheiro, sem palavras.
Acabada a negociação ele inicia os preparativos para o aborto, gazes , luvas , sondas, nada estéril, mas com todo um ritual “profissional”. Rapidamente coloca uma sonda na moça e dá uma série de recomendações , que não ajudariam muito em caso de complicações. Uma das orientações é de jogar o feto em um prédio abandonado, dentro do coletor de lixo.
Após essa tarde, a personagem principal tem que sair para o jantar da mãe de seu namorado. Na casa dele encontra com várias pessoas de bom nível social e conservadoras, que falam e comem sem parar, criticam pessoas mais simples e até a personagem por fumar na frente dos sogros. Esta situação é mostrada em uma cena longa e forte do filme, sem cortes. Neste momento ela demonstra estar muito abatida e arisca aos toques do namorado.
Quando retorna ao hotel, a amiga já abortou e o feto está no chão do banheiro, inteiro, uma miniatura de bebê. Ela o enrola e conforme orientado vai sair e procurar um prédio, mas a amiga pede que ela o enterre. Nova jornada se inicia em busca de um prédio antigo em ruas escuras e om bêbados. Após certo tempo acha um prédio e joga o feto no lixo.
No hotel, encontra a amiga no restaurante, aguardando uma refeição. A amiga pergunta se ela enterrou o feto e ela apenas diz que é melhor nunca mais falarem sobre isso.
A personagem foi sugada e abusada de várias formas e por várias pessoas, principalmente o “profissional” e sua amiga, que embora fosse a mais interessada no aborto, não tinha atitudes e não tomava para si a resolução dos problemas. Em nenhum momento impediu a amiga de transar com o homem ou de se sacrificar por ela, pelo contrário, parecia nunca estar satisfeita e nem a gratidão esperada numa situação desta foi vista. Ela foi forte em todos os momentos e talvez por isso o abuso de suas qualidades tenham ocorrido. A amiga simplesmente esperava dela a solução para tudo, de forma incondicional e ela assim o fez, como uma heroína, que para salvar
os mais fracos arrisca a própria vida. No meio disso tudo, ela questiona o namorado se isso ocorresse com ela, como seria, quem seria o braço forte dela, mas não crê que teria nele um companheiro, está muito decepcionada com as pessoas para isso.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: